Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conselhos

Ensopado pelo suor da nostaugia,

mergulhado no sereno da solidão.

E não adianta dizer que não!

Tendo receio e assumir, você,

lamentando sua própria cruz.

Valíde! faça juz a si próprio!

Não seja apenas, mais profano,

insano, mais um tirano deste mundo cão.

Não deixe que a solidão lhe sufoque,

vire suas costas para esta margura.

Utilize positivamente suas loucuras, vire o jogo!

Pare, agora mesmo de mentir! Tente admitir!

Acredite, todo este sofrimento é em vão.

Levante-se do chão! Siga em frente!

Jamais desista, você pode estar a um passo da conquista...

Porque não?!

                             Diego de Souza
Diego de Souza
Enviado por Diego de Souza em 02/09/2006
Código do texto: T231332
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego de Souza
Doutor Maurício Cardoso - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
5 textos (188 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:04)