Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

poema para a noite de número 7

direito de liberdade!

direito de liberdade para ser-se
e fazer-se
o que se é     cada qual

com a ferida que o ferir com a dor que lhe doer
com a alegria em poder ser
quem é que
seja

- paz entre os homens!
quantos é que o não sonham?
mas o sonho de poucos
é pequeno
demais -

cada um coa candura
e a febre no peito
mas cada
qual
não importa quem seja

> seja quem seja

< queira como queira

> pense o que pensar

à puta que
o
pariu!     faze o que fizer

tudo é permitido
se é permitido dar-se as mãos
e seguir junto
entoando no silêncio da amizade
a canção

do
coração


andré boniatti
Enviado por andré boniatti em 08/09/2006
Código do texto: T235889
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
andré boniatti
Corbélia - Paraná - Brasil
288 textos (45243 leituras)
17 áudios (849 audições)
14 e-livros (767 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:08)
andré boniatti