Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Da noite para o dia

A lua que flutua no ar
em noite de calor
Segue tímida a sonhar
E a cada gota do sonho vela a dor!

A dor que flutua no mar
Também pesegue o pescador
Segue calada a dilacerar
Um pranto de amor!

Depois, quebra-se na rocha o luar
Seus cacos nas ondas mudam de cor
Os peixes os levam pro fundo do mar
Segue assim a noite, em desamor!

Madrugada uma lira a reanimar
Um coração murcho quanto a flor
sofrida no jardim - sem luar
que sobre a rocha se expirou

Daí o sol a retomar
nova manhã, intenso calor
Ninguém mais ousa chorar
o pranto da lua, que se apagou

Que dia lindo! A levar
ardentes raios em canções à flor
outrora esmaecida, hoje a perfumar
mais um ai de minha vida até o sol se pôr
lucheco
Enviado por lucheco em 15/10/2006
Código do texto: T265111
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lucheco
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
128 textos (62091 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:56)
lucheco