Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda

Eu ainda posso ver teus olhos
Deles faço sonhos, faço óleos,
Que passo por teu corpo
Que pra respirar abre todos os poros.

Ainda posso ouvir tua risada.
Alta, dona, mulher decidida.
Que decidiu calar meu coração.
Que decidiu me tirar da sua vida.

sinto ainda teu cheiro.
Perfume, sabonete, cinzeiro.
Que guardou as cinzas
De um coração que queimou por inteiro.

Ainda tenho nossa alegria.
De beijos escondidos, de toques proibidos.
De corpos esquentados no frio.
Frio que esquenta meu coração perdido...
Zelus Rilvo
Enviado por Zelus Rilvo em 28/10/2006
Código do texto: T275717
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zelus Rilvo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
4 textos (111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:23)