Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rotina na Fazenda

08/11/2006 Rotina na fazenda
Quentes manhãs de verão
algazarras de pardais,
galos cantam em profuzão
gados já estão nos currais.

O canto do sabiá
no alto da larangeira,
o inhambu xororó
pia lá na capoeira.

A sariema caminha
gritando lá nas ribeiras,
range a porteira abrindo
vai o peão prás mangueiras.

Cavalo ao longe relincha
chamando a companheira.
vaqueiro passa cantando
alguma cação rancheira.

Engenho moendo a cana
canta de sua maneitra,
o caldo escorre espumante
passando pela peneira.

Do alambique a cachaça
cheira longe candongueira,
a rapadura na banca
faz um convite as abelhas.

Lucina M. Duarte K.
Lucina Duarte
Enviado por Lucina Duarte em 11/11/2006
Código do texto: T288361
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lucina Duarte
São Gonçalo do Rio Abaixo - Minas Gerais - Brasil
136 textos (7237 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:38)
Lucina Duarte