Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto do Último Verso


Flores ao vento!
Estão à sua procura
Sabes tu, que te querem
És leito de água pura!

Pétalas flutuando!
No riacho cristalino
De correnteza traiçoeira
Pétalas (perigoso destino

-- belas, caíste na poeira)
Suja! e agora sem cor!
Apagues esta dor!

Indo-te banhar na beira
Voltes, formosura minha!
Que ainda tens

A beleza que tinha...!!!

Poetastro
Enviado por Poetastro em 14/11/2006
Código do texto: T290703
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poetastro
Rio Branco - Acre - Brasil
3 textos (81 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:17)
Poetastro