Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

meu canto

entrego o meu canto ao Universo
de ave livre em restrito espaço
e em cada letra de meu verso
abro minhas asas num abraço

entrego o meu canto à Natureza
na imperfeição de ser cantante
tento absorver sua beleza
num voo emotivo estonteante

infinto mundo d'esperança
vive sem viver dentro de mim
nos afagos doces da criança
que tenho em mim até ao fim

e no meu canto dividido
entrego o pulsar sensação
de que cada dia é vivido
entre realidade e ilusão.
quatro folhas
Enviado por quatro folhas em 23/08/2007
Código do texto: T620880
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
quatro folhas
Portugal, 71 anos
63 textos (3199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:51)
quatro folhas