Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Poeta Pena

Mais um amor
Mais uma dor
Sentida, ressentida
Como uma canção repetida
Tocada com ardor
Sem ódio nem rancor
Apenas o amaro gosto de te-lo,
Aceitar de novo o erro
Do poeta enfermo
O coração descansado
A chama de breu apagado
Agora dói de novo
E o novo se desfaz de novo
Disfarça-se de esperança
Me leva a ser criança
Apenas para fazer
Meu coração (novamente) doer
E o poeta agora pena
Sem saber se vale a pena
Não ignorar tanta dor
Deixando de lado,
Esse novo velho amor.

(Fabrízio Stella - 28/09/2007)
   
Fabrízio Stella
Enviado por Fabrízio Stella em 02/10/2007
Código do texto: T677057

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fabrízio Stella). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabrízio Stella
São Paulo - São Paulo - Brasil, 40 anos
57 textos (2613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 10:20)
Fabrízio Stella