Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BORBOLETA BRANCA

     Pensando na ingenuidade de Casemiro de Abreu,
     poeta romântico fluminense

Uma borboleta branca
voa pela estrada.
Parado, vejo-a
a brincar
por entre as flores do campo.

Meu pensamento
se perde,
voa como a borboleta branca.

Porém sou triste.
Não sou alegre
como a borboleta branca
que voa.

Ela parece um pedacinho de papel
levado pelo vento.

Há vida naquele ser.
Parece que só eu percebo isto.
Ninguém olha
uma borboleta branca
voando pela estrada.

NMT.

Escrito em Mangaratiba, em 1989.
Nelson Marzullo Tangerini
Enviado por Nelson Marzullo Tangerini em 09/11/2005
Código do texto: T69254
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson Marzullo Tangerini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
249 textos (19892 leituras)
1 e-livros (9 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:10)
Nelson Marzullo Tangerini