Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O adeus

    É ilógico,delirante,fugaz. O momento do adeus embarga a voz.     mexe com o corpo,a alma,dor atróz.                                                                                         Sorrindo encobre-se as lágrimas. na mente um pedido,mas não fala. Aceita o fim mascarando o rancor.                                                                                       Contudo,há juras de amizade.Um chope,um café no fim da tarde.sabendo ser promessa sem valor.                                                                                         Ao ver o outro se afastar no entanto,solta as amarras,desaba o pranto,chora-se só,amaldiçoa o amor.                                                                                         Se revive cenas aos pouquinhos,de alegria e felicidade e com jeitinho,descarta,amassa e anula o nós.
vânia lopes
Enviado por vânia lopes em 21/10/2007
Código do texto: T703811
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
vânia lopes
Vespasiano - Minas Gerais - Brasil
462 textos (28299 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 18:22)
vânia lopes