Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração de pedra


Quantas formigas se passaram,
Quantas noites estreladas,
Onde homens e mulheres se transformaram,
Apenas em banhar-se em seus cabelos...

Buscas de futuros a serem construídos,
De vida em vida,
Galho sobre galho,
Letra a letra,
Escritas em páginas de páginas...

De árvores primas,
Companheiras em matas vizinhas,
Torre de sonhos,
Palácios brutos
Da natureza,
Lânguida,
Permanente.

Ventos caricias
Em pelos sentidos,
De seios abocanhados,
Beijos trocados no espaço de folhas,
Na cama de pedras,
No cipó do desejo.

Trocas da natureza,
Onde tudo se recebe,
Sem que nada se de em troca.

Agarrado como trepadeira,
Preso em sentimentos,
Meu coração bate em água,
Bate em pedra.

A mesma pedra que o aprisionou,
Quando criança tornando-o duro e mole,
Sempre presente nas camadas mais profundas
Da pedra fundamental.
Lorenzo Giuliano Ferrari
Enviado por Lorenzo Giuliano Ferrari em 03/12/2007
Código do texto: T762642
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lorenzo Giuliano Ferrari
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
1817 textos (50952 leituras)
1 áudios (2457 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 14:57)
Lorenzo Giuliano Ferrari