Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Samba do crioulo doido

Bate o pé na gafieira
Chama a Rosa!
Desce a ladeira
Vem na ginga, macumbeira!

N'aguardente penitente
que Deus santo nos criou
Bebe um gole no gargalo
que o galo já cantou

Bate o tambor, crioulo!
Sua, dança, arde!
A pinga, com certeza, vai durar até tarde

Samba solto, meu crioulo!
Vem pra roda, solta o verbo
o amor que em mim levo, já não nego: vou sambar!
Pedro Willmersdorf
Enviado por Pedro Willmersdorf em 23/01/2006
Código do texto: T102681
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Willmersdorf
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
5 textos (305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:27)