Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO SURGE A ESTRELA DA MANHÃ

QUANDO SURGE NO HORIZONTE A ESTRELA DA MANHÃ
O SOL, ASTRO IMPONENTE, DISSIPANDO A ESCURIDÃO
DESFAZ O NÓ QUE A VIDA ATA AO DESALENTO
E LIBERTA A DÚBIA FÉ DA ESCRAVIDÃO

NAS PARAGENS DESTA VIDA, ONDE SE OCULTAM
AS VENTURAS DOS RICOS E O GOZO DOS AMANTES
EU HEI DE ME PERDER POR ENTRE ESQUINAS E RUAS
E FAZER DO INFINITO O MEU ETERNO INSTANTE

O TEMPO PERDIDO NÃO MAIS SE ENCONTRA
NEM SOB A JANELA ONDE EU A ESPERAVA
OS VENTOS NOVOS ME TRAZEM A BONANÇA
E APAGAM OS PASSOS QUE EU, SÓ , CAMINHAVA

MEMÓRIAS DORIDAS, PRA SEMPRE SE PERCAM
E NO VALE DA MORTE, TATEIEM A ESCURIDÃO
RESSURJA DAS SOMBRAS, A FADA DOS SONHOS
E CAMINHE COMIGO POR TODA A VASTIDÃO
fabiano muniz
Enviado por fabiano muniz em 07/02/2006
Reeditado em 08/02/2006
Código do texto: T109044
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
fabiano muniz
Santos - São Paulo - Brasil, 41 anos
44 textos (7452 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:10)
fabiano muniz