Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

People


 
"Traz  o teu people" onde o ananás é
o poente, na iminência de ser musica
nos dedos de fogo onde as palavras
tão leves dos frutos cristalizados
as cerejas e as ginjas em calda e licor
 
há amor ainda um extremo limite
para os olhos fechados, a água
sólida das minhas lágrimas
"traz o people" onde a face adere
á janela, o dorso se inclina e toca

eleva-se o meu corpo no teu, chão
de sol para duas palavras brancas
 
jogo-te a luz, o andar da noite, o peso
material do teu silêncio, no limbo
extremo do olhar  que brilha entre as
sílabas, ardem as ancas, arde contra
o meu corpo, não é o silêncio do
silêncio , é o ananás da questão
 é um delírio musical, um rosto do sol
no chão e a sombra sobre o mar
na casa grande espero-te agora que
a noite avança e dói o segredo em face

José Gil
Enviado por José Gil em 02/10/2006
Código do texto: T254671
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Gil
Portugal, 63 anos
23 textos (954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:13)