Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luzes de um novo horizonte

Ah, que quando eu sinto
algo assim que me invade
e perco a hora, perco o medo
E eu me sinto
mais humana, mais real
menos fria, menos normal
E me perco em sonhos concretos
e enxergo o horizonte certo
Porque o caminho é longo
e eu não quero estar sozinha
quero amar e ser
ser amada e estar
criar e construir uma vida
que eu quero e mereço
perder a cabeça e me lançar
à sorte certa e bem bolada
Ao mundo escuro, agora iluminado
Fogo Selvagem
Enviado por Fogo Selvagem em 23/10/2006
Código do texto: T271830
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fogo Selvagem
Campinas - São Paulo - Brasil
288 textos (8596 leituras)
2 áudios (147 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:49)
Fogo Selvagem