Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sentido?

Da luz à escuridão,
Do frio ao calor,
Do céu ao mar,
verticalidade azul-lilás,
cintilâncias de ouro em pó,
transparência-sonho.
 
Lá e cá ilumina a ilusão,
que seduz e encanta,
as curvas da mulher-sereia:
tiaras prata e bronze,
em celestes volutas do ser e do não-ser...
 
Tarde morna,
Serenidade-tempo,
calor mágico de fêmea...
quase início de Outono.
Lobo solitário
Enviado por Lobo solitário em 06/11/2006
Reeditado em 10/09/2011
Código do texto: T283828

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lobo solitário
Jaú - São Paulo - Brasil, 29 anos
37 textos (2938 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:00)
Lobo solitário