Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OUTONO RUTILANTE

Há pouco tempo chovia
E o céu estava forrado.
Agora o Sol descobriu,
Ficou tudo iluminado!

Meio despidas, as árvores
Transmitem-nos a magia
Dum Outono rutilante,
Com assomos de alegria.

Na paz da bela manhã,
O frio já se faz sentir.
E o vento, mesmo ligeiro,
Põe as folhas a bulir.

De lindas gotas radiosas,
Elas luzem, salpicadas.
Cobrem o chão às centenas,
De vários tons, matizadas.

Algumas são ainda verdes,
Mas no reverso, amarelas.
Umas já acastanhadas,
E outras vermelhas, singelas.

Um momento adorável,
Que breve se perderá.
Neste momento retê-lo,
Minha alma suavizará.
Maria da Fonseca
Enviado por Maria da Fonseca em 16/11/2006
Código do texto: T293357
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria da Fonseca
Portugal
143 textos (3620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:24)
Maria da Fonseca