Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA MOCIDADE

Minha mocidade

Hoje vou me vestir de mocidade
Tirar a roupa, ficar à vontade
Quero sentir o vento me acariciando
Me afagando o corpo nú, beijando
Minhas virtudes de mulher novinha...

Solta nua, louca, desajuizada, amada
Pelo mar que em suas ondas molecas
Vem ver a emoção de me tremer de frio
De me mostrar mulher nua no desafio
Tirar casquinhas da mulher sapeca...

Com a mão-boba vem querendo ter
Emoções febrís e loucas de poder sentir
Minha pele acetinada, lábios de carmim
No veludo de seda pura dos meus seios
Quer com a pressa se envolver em devaneios...

E eu nem ligo para os intrusos que querem
Viver e apreciar uma mulher só no olhar
Já fui linda, glamourosa, charmosa
Era mesmo uma mulher gostosa
Mocidade tinha para todos virem admirar...

Que bom estar liberta, solta no infinito
Sentir a natureza se integrar comigo
Repartindo seu sol a me aquecer
A lua, com seu luar, em seu bom espiar
Encantamento das rimas do meu poetar...

Estou sozinha no meu momento
Solta, livre com meu pensamento
Nada de correntes a me amarrar
Nada de regras a me obrigar
Estou só com todo meu sonhar...

Não existem intenções de me expor
Só gostaria de sentir o ar fresco e o calor
Para, em poucos minutos, ser a imagem
De uma pessoa que vive e quer sentir no amor
Os infinitos simples com todo seu sabor...

Myriam Peres

http://myriamperes.blogspot.com/2007/08/minha-mocidade.html

Myriam Peres
Enviado por Myriam Peres em 29/08/2007
Código do texto: T628851
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Myriam Peres
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 86 anos
473 textos (56282 leituras)
5 e-livros (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 03:34)
Myriam Peres