Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANTES E AGORA

ANTES CORAÇÃO SANGRAVA
DESPEDAÇADO NÃO VIA SOLUÇÃO
ACHAVA POBRE INOCENTE
QUE SÓ PODIA SOFRER
ENTÃO, DE UMA HORA PRA OUTRA
OLHOU ATREVIDO O CÉU
E VIU UMA ESTRELA TÍMIDA
COM UM BRILHO QUE PARECIA NÃO ACABAR
FICOU POR ALGUNS SEGUNDOS CEGOS....
OS OLHOS DAQUELE CORAÇÃO DESENGANADO
ESPANTOU-SE AO PASSAR O EFEITO DE TÃO SINGELA ESTRELA
VIU QUE O SOFRER FAZ PARTE
DE UM CORÇÃO QUE SEMPRE SOUBE AMAR
POBRE NA VERDADE É O CORAÇÃO DE QUEM NÃO TEM AMOR
CORAÇÃO AGORA RISONHO, VIU QUE AS LÁGRIMAS SÃO REFLEXO
DE VIDA PERENE...
PERCEBEU QUE HÁ SEMPRE MAIS
E QUE CORAÇÃO QUE APRENDEU A AMAR
CERTAMENTE, AMARIA DE NOVO
UM AMIGO ESCREVEU QUE O AMOR É COMO FLOR
NASCE FRAGIL, TÍMIDA
MAS TRÁS INCRIVEL FÁCINIO
ESTE É O AMOR...
FLOR DELICADA E TÍMIDA
QUE BROTA NÃO SE SABE ONDE E NEM PORQUE
VEM DE CABEÇA PENDIDA NO OUTONO
PRA MOSTRAR TODO O SEU ESPLEDOR NA PRIMAVERA
CORAÇÃO QUE APRENDEU A AMAR NÃO CONHECE MAIS O FRIO DO INVERNO
DEPOIS DAS LÁGRIMAS E SOLUÇOS
VIVE A ALEGRIA DE PODER SENTIR
NADA MAIS TRSITE DO QUE NÃO PODER SENTIR....
A ALMA FRIA NÃO VIVE
APENAS PERSISTE... ATÉ FENECER...
RENATA NEVES
Enviado por RENATA NEVES em 25/09/2007
Código do texto: T668198

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RENATA NEVES
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
46 textos (13471 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 21:41)
RENATA NEVES