Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOU VENTO

Eu me sinto às vezes
Como uma lufada de vento
Na superfície calma de um lago.
Arrepio, perturbo, incomodo
Nos caminhos por onde vago.
Mas é somente um momento,
E não o faço por mal.
Não me ensinaram a calmaria,
Não me ensinaram a ser brisa.
Às vezes sou vendaval!

Mas na alma sou vento brando,
Doçura que se mostra a poucos,
Com uns toques e carinhos.
Feche os olhos e me sinta,
Aquele que me quer bem.
São simples os meus caminhos,
Minha vida é singela.
Sou apenas alguém.

Sei que passei às pressas
Por vidas atrapalhadas,
Atrapalhando inda mais.
Só que saí machucada.
Sei que estacionei em amores impossíveis
Demorando a entender que devia partir.
Mas não tinha pra onde ir...
Rodei em redemoinhos
A buscar alguém sozinho
Pra me fazer companhia.
Só encontrei desenganos.
Carreguei poeira, galhos, folhas secas,
Em outonos e invernos.
Carreguei sonhos e quimeras.
Deixei as flores pra levar na primavera,
Mas ela tardou a vir...
E se me torno tufão
machuco meu coração.
Continuo sendo vento
Na chegada e na partida.
Rodopio e assovio
No espaço livre da vida.
Rachel dos Santos Dias
Enviado por Rachel dos Santos Dias em 26/09/2007
Código do texto: T668956
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rachel dos Santos Dias
Campinas - São Paulo - Brasil
342 textos (25632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:36)
Rachel dos Santos Dias