Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O nascimento e morte da borboleta

Autor: Daniel Fiúza
10/04/2004

O casulo na árvore pendurado
a borboletinha na maternidade
crisálida no tempo determinado
ao nascer renova a eternidade.

Saindo do casulo ainda pálida
a espécie se perpetuando,
a feia lagarta que já foi crisálida,
na borboleta vai se transformando.

Muito tímida fraca e sem beleza
tem que esticar as asas pra secar
sem cor, sozinha segue a natureza
seu sangue vai pras asas bombear.

Aos poucos ela vai ganhando vida
aparecem cores lindas e charmosas
no lugar da feia lagarta deprimida
surge uma borboleta maravilhosa.

Quando ela fica plena e confiante
voa embelezando com suas cores
polinizando com vôo determinante
na reprodução das frutas e das flores.

A borboleta multicor faz florescer
acasala-se e põe seus ovos em festa
outras borboletinhas irão nascer;
depois morre Perpetuando a floresta.


Domfiuza
Enviado por Domfiuza em 29/09/2007
Código do texto: T674116
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Domfiuza
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil
1103 textos (144527 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:20)
Domfiuza