Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu te amo mamãe poetisa

Acolheu-me de uma maneira tal,
Que a ti eternamente serei grato.
Não sou fruto de vosso ventre.
Nem sangue de vosso sangue.
Mas sou ligado a ti pela placenta do carinho.
Tu és minha mãe, minha genitora poética.

Sou menino,
Tu me vês poeta.
Sou fraco,
Tu me fazes guerreiro.
Sou ingênuo,
Tu me vês sábio.

Feliz me sinto por ter você como mãe.
Por ter tua ajuda e seu carinho
Sua ternura vê sua doçura...

Mamãe poetisa eu te amoooooooooooooooooooo muito!!



* Essa poesia eu dedico a algumas mamães que eu tenho no recanto, sendo elas: DORA MELO, CARINHOSA, LEDALGE, ISABEL NOCETTI E SUNNY LÓRA!! EU AMO VOCÊS... RUKHA ELFO( O POETA MENINO)!
Rukha Elfo
Enviado por Rukha Elfo em 19/10/2007
Reeditado em 19/10/2007
Código do texto: T700472
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rukha Elfo
Várzea Grande - Mato Grosso - Brasil, 30 anos
492 textos (59013 leituras)
1 e-livros (110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 07:28)
Rukha Elfo