Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A chuva

Tilinta a água
Batendo na lata
Cheia de graça,
Rítmica e sonora,
Pingando na calha,
Da goteira ao chão.

Pinga
Que pinga,
Tilinta a chuva
Que molha
A folha,
A palha do milho,
O grelo da terra,
Brotando o feijão.

Chuva
Que pinga,
Mansinha e serena,
Mandinga o homem
Que fez a erosão.
E ensopa o solo,
Germina a semente,
Encharca,
Inunda,
Isola a morada
Deixando sem chão.



Espalha Flores
Enviado por Espalha Flores em 24/11/2007
Reeditado em 03/01/2008
Código do texto: T750809
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de ISABELLE NOGUEIRA PROENÇA). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Espalha Flores
São José dos Pinhais - Paraná - Brasil, 54 anos
55 textos (2237 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 10:31)
Espalha Flores