Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema para Ana

Para Ana Paula Sabadini

Poderia escrever-te versos lindos
de nossos tempos de menina
de quando juntas temíamos crescer...
Dos primeiros anos na escola
quando você de mim
nunca quis se separar...
Poderia lembrar nesses versos
da adolescência vivida
em sonhos ingênuos
de princesas em castelos
e amores eternos...
Do tempo que olhávamos estrelas
dependuradas na janela
ouvindo papai cantar
canções imortais...
Eu quero para sempre lembrar
desse tempo que nem
mesmo o tempo apaga...
De ter que ser sua irmã mais velha
quando na verdade
foi você que nasceu primeiro!
E assim ter que me acostumar
com sua encantadora meninice
Não me canso de lembrar
porque não quero esquecer
que nos escolhemos irmãs
com permissão divina, é claro...
Tanta coisa já vivemos juntas
amores em vida
amores em morte
coisas que a vida não apaga
sobrevivemos juntas...
Poderia lhe escrever tantas coisas
que gostaria que nunca se apagasse
as brincadeiras de duas irmãs
desajeitadas com a vida
que aprendem a cada dia
como se olhar no espelho
e não ter medo de amar
sofrer e recomeçar...
histórias de duas irmãs tão diferentes
mas que se reconhecem
apenas com um olhar.
Cláudia Sabadini
Enviado por Cláudia Sabadini em 10/04/2006
Código do texto: T136765
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Sabadini
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
280 textos (29928 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:27)
Cláudia Sabadini