Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Linda Borboleta (à Vanessa)

Passeava pela praça
quando dei por mim: Êita!!!!!
vi numa flor, toda formosa,
ruflando as asas, graciosa
uma Linda Borboleta.
 
Eram tantas, tantas flores
de cores feito aquarela,
havia muitas borboletas
porém ali a mais singela,
que enchia os olhos de riso,
sem dúvida; era a mais bela!
 
A brisa acariciava
suas asas docemente,
as flores se cutucavam
dizendo: Ai minha gente
se ela pousasse em mim
por um segundo somente!
 
Mas para merecer seu toque
tinha quer ser mais que flor,
tinha que ter mais perfume,
tinha que ter mais candor,
tinha que saber dosar
o doce polén do amor.

---BROTE ALEGRIA NAS CASAS
FLOR E MAIS FLOR FLOREÇA
SOB O RUFLAR DE SUAS ASAS
AMOR E MAIS AMOR CRESÇA
E SAIBAM QUE A MAIS BELA,
DE TODAS, SE CHAMA: VANESSA!


Esse poema foi escrito para Vanessa Barreto em 2005, Uma grande amiga e tal qual está nessa poesia...
A inspiração veio do significado do nome Vanessa: Linda Borboleta!







Júlia Carrilho Lisieux
Enviado por Júlia Carrilho Lisieux em 14/06/2006
Reeditado em 30/07/2008
Código do texto: T175450

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Júlia Carrilho Lisieux
Brasília - Distrito Federal - Brasil
33 textos (2081 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:44)
Júlia Carrilho Lisieux