Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que tal vivermos em meu mundo?

Que tal vivermos em meu mundo?
Confie em mim e você vai gostar,
No meu mundo não usaremos a primeira pessoa do singular,
Apenas a primeira do plural,
Assim tu não serás feliz sozinho e nem eu,
Todos nós seremos,

Que tal vivermos em meu mundo?
Se faltar calor a gente faz uma fogueira,
E então brincamos de índios,
Pintamos nossas faces com cores alegres,
E eu vibro com tuas alegrias e você com as minhas,
E teus momentos de tristezas e deslumbres serão meus também,

Que tal vivermos em meu mundo?
Podemos cantar as mais belas músicas,
Eu até empresto meu violão,
A gente faz hinos de nossas músicas,
E todos seremos tenores,
Nossa vitrola será o coração,

Que tal viver em meu mundo?
Ao amanhecer podemos seguir as borboletas,
E pisar sobre pedrinhas na beira do rio,
Durante o dia contemplar nosso mundo,
Plantar flores e fazer jardins,
Ouvir o som do vento e das florestas,

Que tal viver em meu mundo?
Quando o sol nós deixar a gente procura gravetos,
E acendemos uma fogueira para ali sentar,
Podemos nos aquecer e cantar nossos hinos,
E contar historias até que o assunto acabe,
Então deitar em silêncio e admirar cada estrela de nosso céu,

Que tal vivermos em meu mundo?
Que tal vir até ele e construirmos nosso mundo?
Não precisa de ingressos, nosso dinheiro a gente faz de folhas,
Não precisa passagem e nem sequer bagagens,
Basta estender suas mãos em minha direção,
E então viveremos em nosso mundo!


Dedicada a todas as pessoas que vivem seus mundos imaginários e criam seus seres imaginários. Eu tenho meu mundo! .....

Marcelo Biolchi
Enviado por Marcelo Biolchi em 24/08/2006
Reeditado em 24/01/2014
Código do texto: T224333
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Biolchi
Concórdia - Santa Catarina - Brasil, 33 anos
35 textos (4594 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:57)
Marcelo Biolchi