Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Camila Esperta.

Tchê meu telefone não para
Alguem fez minha casa de pousada
Vou ter que descobrir quem é essa esperta
Que fez essa travessura danada.

Não que não gostei,Adorei!!!!!
Achei o máximo juntar os poetas do recanto
Aqui em casa,na cidade ou na praia,
Em qualquer canto.

Para essa danada que meu telefone deu
Um castigo vai levar,
Ficarás incumbida
De vir me ajudar,cozinhar,lavar e passar.

Tudo bem minha casa é grande
Tem lareira,fogão a lenha e aquecedor
Ninguem frio passará
Só vou ter que colocar barracas por todo lugar.

Faremos uma fogueira improvisada
Lá teremos um panelão,
Dentro arroz carreteiro,cebola assada
Pão com alho,pinhão,vinho cerveja e quentão.

Quem quizer vir me visitar
Minha casa está aberta
Inclusive para você querida Camila
Que és um amor de pessoa e muito, muito esperta.
Patricia Essinger
Enviado por Patricia Essinger em 14/06/2005
Código do texto: T24648

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Patricia Essinger
Guaíba - Rio Grande do Sul - Brasil, 53 anos
436 textos (23527 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:34)
Patricia Essinger