Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ERAM NOSSOS AMIGOS (Almany - 01/01/03)

Um dia a maioria de nós iremos nos esquecer.
Sentiremos saudades de todo carinho ofertado,
da atenção dispensada, dos sonhos que tivemos,
de tantos risos e momentos que compartilhamos.
Saudades até dos momentos divididos, da reciprocidade
dos ínicios, das vésperas de finais de semana,
dos finais de ano comemorados, enfim...do companheirismo vivido.
Sempre pensei que todas amizades continuassem para sempre.
Hoje não tenho mais tanta certeza disso.
Em breve cada um vai pra seu lado, segue a sua vida,
talvez, poderemos nos encontrar por um mero acaso.
Um papo ao telefone, um e-mail e as velhas lembranças...
Aí os dias vão passar, meses, anos,
até este contato tornar-se cada vez mais raro.
Vamos nos perder no tempo e esquecer os nomes.
Um dia nossos filhos verão aquelas fotos e mensagens
e perguntarão: "Quem são essas pessoas?"
Diremos que eram nossos amigos e isso vai doer tanto!
São essas amizades acontecidas, que vingaram em meu jardim
e o floriram num desabrochar de petalas ornamentais,
pra depois se tornarem casual, como um buquê!
Por isso é preciso cultivar toda amizade dia a dia,
para que essa efemeridade nunca tenha sentido!

Estou aqui pra confirmar isso...
Espero que estejas de acordo!
Almany Falcão
Enviado por Almany Falcão em 19/01/2012
Código do texto: T3448982
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Almany Falcão - Poeta do sol). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Almany Falcão
Alagoinhas - Bahia - Brasil, 52 anos
92 textos (1499 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/14 23:13)
Almany Falcão



Rádio Poética