Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM GESTO DE AMIZADE

por Regilene Rodrigues Neves

Quis desenhar a alma
Numa transparência purga de sentimentos
Quis que ela falasse como a imagem
Que Deus criou aos nossos olhos
Pura e singela de um planeta terra
Sem fragmentos dos nossos vícios
Que mancham o cenário mágico
Que nossos olhos alcançam em dimensões superiores

Os olhos de Deus vêem tão longe
Tentando colher o que de melhor ele plantou
Para sustentar o universo melindroso de nossa alma
Quis que abraçássemos este universo
Em apenas amor!

E desse amor não perecêssemos em fraquezas
E mediocridades do orgulho
Que se fecham na mão do homem
Como troféu de guerras interiores
De anseios e de fome de vícios da materialidade

Por isso deixo a palavra
Se vestir da roupa mais linda
Da minha alma e venho te encontrar
Quis conquistar-te pra mim assim
Com alma de Deus
Que purifica todos os gestos
Para me ofertar em dom
Na arte da poesia.

Poesia que falo
Para massagear o espírito
Carregado da expressão diária dos desafetos
A alma de um amigo é o melhor lugar
Para depositar flores
Ante um ser vivo
Que um fenecido sem sentimento!

Por isso quis conquistar-te e chamar AMIGO (A)!

Criada em 02 de julho de 2005



regipoeta
Enviado por regipoeta em 02/11/2005
Código do texto: T66496

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
regipoeta
Goiânia - Goiás - Brasil, 54 anos
1312 textos (134416 leituras)
22 e-livros (7176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:31)
regipoeta