Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MANGÁ

Seu rosto alí,
olhos entreabertos,
Quis ver mais de perto
seu sorriso ingênuo.
Tanta ternura
Trocada entre olhares
e beijos macios.
O toque das mãos
A atenção a cada centímetro de pele.
Seu cabelo caiu sobre o rosto
Lembrou-me um lindo
desenho de Mangá.
Estava nu,
Mas pude ver a armadura brilhante
Que reluzia e me ofuscava os olhos,
Numa dança colorida
de luzes e sons,
Somente perceptíveis
A corpos que realmente
se encontram e se fundem.
Meu amigo, meu querido e bom amigo.
Meu amigo filósofo, simples
Complexo, intelectual
Que me acompanha em viagens loucas
na busca do conhecimento.
Que me fala com a simplicidade de quem sabe
da angústia do conhecer e
por conhecer sabe que conhece muito pouco.
Meu mangá desenhado
de trás pra frente
Mas que mesmo lido de frente para trás,
Faz sentido.
Prometa-me apenas
Que sempre será meu amigo.
Sandra Alves da Cruz
Enviado por Sandra Alves da Cruz em 18/10/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T699450

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Alves da Cruz
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
21 textos (1287 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 13:35)