Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva alegre demais como você.(Conan e Maria Clara)

Árvore da sorte.

Ricardo, e-mail da Célia é uma loucura,
eu deveria dizer para todo mundo,
mas meu computador apagou a minha memória.
Enquanto a poetisa diz: “Mas eu não ousaria tanto”

Não identificado. Há... não conta pra ninguém,
que não sou normal.
Aqui em casa ninguém sabe...(risos!).
Mas tudo bem, eu tenho que ser normal.


Célia, você é louco?
O Conan passou de ano.
Esse garoto vale ouro.

Raul Seixas,(bem vindo do além).
E não é ouro de tolo.
Acredite no que digo.
Assinado: Maluco Beleza.

Cristiane, Maria Clara de mamãe Noel,
sete meses de travessuras,
que menina fotogênica.

Ricardo, Vera manda a Raquel comprar
um computador novo,
nas Casas Bahia, tem celular na promoção.

Adriana, manda lembranças.

Cristiane, Vera hoje vai dançar muito,
esse pesoal do CEFP é meio maluco.
Não é minha amiga Kardec?

Laura, manda lembranças,
como diria a vera, solta as frangas.

Renato Russo, Ainda que eu falasse a língua dos homens/
e falasse a língua dos anjos/sem amor eu nada seria.

A graça manda lembranças,
ela não é uma gracinha?

Célia, ti mando a poesia do Conan.
Aí vai,
Conan.(19/10/06.)

Chuva,
Chuva fina que não molha.
Chuva,
Chuva que molha forte.
Chuva,
Chuva, alegre demais como você.

Parabéns, esse garoto vai longe...
assinado: Fernando Pessoa.

Vera, cade a poesia da Maria Clara?

Ricardo, vai dançar mulher,
meio passe te manda um beijo!


Maria clara.
.
Maria clara para ti amar só teu nome basta e guardo tuas fotos como modelo
de alegrias e brincadeiras de um tempo que vai deixar saudades
você fez luz na minha vida e eu ti dou boas vindas com um beijo e um carinho
que faça de tua pequenina vida a esperança de dias melhores
pois da sua simplicidade e docura temos mais confiança no que nos espera
pois o mundo necessita de pessoas preparadas para nova era
e você parece um anjo sem asas que veio voar em nosso lar
e trazer ao mundo mais uma estrela que repousa no Brasil
pátria do evangelho e coração do mundo
e no seu mundo vou estar sempre contigo
para fazer dele um abrigo
onde você encontre sempre um sorriso
e um ombro amigo daquela que ti ama muito.
E disse Jesus; deixai que venham a mim as criancinhas.
Esta e uma homenagem da sua avó,
 Cristiane para sua querida netinha.

Ricardo di Paula, 24/11/07.
Que a nossa loucura se transforme em sanidade.
Ricardo di Paula
Enviado por Ricardo di Paula em 24/11/2007
Código do texto: T750473

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ricardo di Paula.(ricardo.mync@ig.com.br)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo di Paula
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
327 textos (71769 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:28)
Ricardo di Paula