Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser o que sou, ser o que são, sou o que somos!!!

Assim como as próprias estrelas precisam de observadores para ser o que são,

Assim como os pecadores necessitam de perdão,

Assim como o mar não é nada sem o sal,

Assim como a Lua que é como uma bola de cristal,

Intocável, inquebrável, incurável, impressindível, INCRÍVEL !!!

Passam-se as horas, os minutos, os segundos, os momentos mais felizes de toda a existência, a existência mais impressionante de qualquer mortal.

Descobertas, lágrimas, sorrisos, piadas.

É difícil, quase impossível, descrever o que somos, mas descrever-me sozinha é fácil: SOU NADA!!!
Ludmila Siviero
Enviado por Ludmila Siviero em 29/11/2007
Reeditado em 29/11/2007
Código do texto: T757859

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ludmila Siviero
São Paulo - São Paulo - Brasil, 26 anos
68 textos (28390 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:56)
Ludmila Siviero