Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TER ASAS

 
Hoje, estamou distante
Sem poder te tocar...
Adoraria, neste instante
Ter o Dom de Voar.
 
Voar por este céu azul
Numa Rota sem engano.
Desceria de Norte a Sul
Atravessando todo o Oceano
 
Ser um Homem alado
Com minhas asas a bater.
Poder pousar do teu lado
Sem que possas perceber
 
Nao importa quanto tempo
Isso poderia levar,
Mas sei que, com a ajuda do vento,
Conseguiria chegar
 
Chegaria de mansinho,
Mas rápido como um furacao.
Não ouvirias nenhum barulho.
...Apenas o bater de meu coração.
 
Coração que bate forte
Sempre que me vens a mente.
pois esta entregue a própria sorte
pelo que se passa em sua mente.
 
Que esse desejo se realize
para que eu reconquiste o que é meu.
E que voce, nao mais se martirize
Por tudo que aconteceu.
 
04/01/2006


»»Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal Brasileiro.
»»Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil.
»»para reeenvia-la mencione o Autor
Apenas um Poeta
Enviado por Apenas um Poeta em 25/01/2006
Reeditado em 25/12/2006
Código do texto: T103794

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Apenas um Poeta
Angola, 43 anos
139 textos (17322 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:38)
Apenas um Poeta