Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto





OBSESSÃO

Quisera poder separar a razão da emoção!

(O que faço meu Deus, o que faço???)

Se a Razão me diz Não!!! 

“É perigoso, você vai sofrer!”

E a Emoção me diz Sim!!!

 “Por que não?”

Meu traiçoeiro coração já não ouço...

(Nele não confio mais...)

A razão aponta os perigos dos caminhos que quero seguir...

Apresenta motivos,

 aconselha cautela...

(Mas quem já ouviu falar de uma “Paixão Cautelosa???”)

E alheio a Razões, 

Cautelas, 

Prudências, 

meu corpo reage...

(Terá vida própria? Será uma Loucura, uma Obsessão?)

Basta ver teu nome... 

A razão me abandona...

A prudência evapora, 

o desejo me possui...

Minimizo os medos, 

banalizo motivos, 

sigo em frente!

E o coração traiçoeiro, (aquele de que desconfio!)

Leva-me, sempre ao mesmo destino:

"Teu corpo, 

que é meu corpo, 

que é teu corpo..."



*Poema resgatado dos meus cadernos de adolescente...





Carinhosa
Enviado por Carinhosa em 26/01/2006
Reeditado em 30/04/2013
Código do texto: T104326
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (164688 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:54)
Carinhosa