Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR SINGELO

Sou grão de areia no deserto escaldante,
tu és o sol no infinito a iluminar,
mesmo sabendo que estais fora de alcance,
revelo em versos o que posso te ofertar...

Uma casinha bem branquinha na floresta,
onde a tristeza nunca vai nos encontrar,
nas cercanias a natureza sempre em festa,
e flores brancas nas laranjeiras do pomar.

Em noites claras o céu estrelejado,
a lua airosa prateando nosso chão,
toda beleza de um reino encantado,
doce magia de ternura e paixão.

Meus braços te envolvendo mansamente,
no carinho que aquece teu calor,
beijando teus lábios ardorosamente,
vendo em teus olhos desejo e amor.

As horas vão passando lentamente,
quero-te tanto que nem posso perceber,
que o dia vai raiando e finalmente,
desesperada desfaleces de prazer.

Só isso que tenho para te dar,
longe do brilho da cidade e ilusão,
tendo certeza que sempre irei te amar,
porque és a musa da minha inspiração.


Para prestigiar com sua inestimável visita o site do autor, acesse:
www.LuzdaPoesia.Com

FalcaoSR
Enviado por FalcaoSR em 27/01/2006
Reeditado em 09/04/2010
Código do texto: T104525
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FalcaoSR
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
202 textos (26765 leituras)
7 áudios (1511 audições)
8 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:32)
FalcaoSR