Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Morte

Quando a morte
para mim apontar.
Quero ficar ao seu lado,
e a ti me abraçar.
Sentir seu corpo quente,
me aquecendo com amor.
Sentir assim de repente,
o perfume de uma flor.
Assim poderei morrer,
pois feliz eu já serei.
Até o meu último momento,
só a ti eu amarei.
Onde quer que eu fique,
de ti não esquecerei.
A minha morte não será,
o fim da vida, mas sim,
o começo de um soinho.
Karllos Ribeiro
Enviado por Karllos Ribeiro em 28/01/2006
Código do texto: T105182
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Karllos Ribeiro
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
12 textos (508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:20)