Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REENCONTRO

Mais uma  vez
Nos encontramos.
De joelhos,
A seus pés,
Quase não sinto
As lágrimas,
Que traduzem toda dor
E humilhação
Deste último encontro.

Teu cheiro flui
De repente,
Devagar
Devassador.

O frio
Talvez fosse agradável,
Não fosse esta tristeza
Que me acompanha
Durante toda minha...
Vida (?)

Agora você pede
Que eu levante
E encare a realidade
Fria,cruel, imutável:
Acabou. Para sempre.

Fecho os olhos.
Sinto o peso
Dos teus passos,
Ouço-os afastarem-se,
Até que resta
O mais absoluto silêncio.


Agora,
Como sempre,
Estou só.
Sentindo meu coração
Ornado com espinhos
Sangrar devagar.

E aguardando
Que o amanhã
Seja um pouco
Mais feliz.
Gustavo Marinho
Enviado por Gustavo Marinho em 28/01/2006
Código do texto: T105262
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Marinho
Maceió - Alagoas - Brasil, 40 anos
82 textos (9807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:12)
Gustavo Marinho