Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Âncora

Em surdos rumores e críticos sonetos,
transcrevo teu ser infinitamente belo,
como raios de sol, flores enfeitadas pela natureza.

Até mesmo um temporal seguido de bonança.

Teu cheiro brisa suave, teu olhar é chama branda
e eu me perco na maresia do teu olhar.

Quero te fazer meu porto seguro
embora já naveguei por tantos mares
jamais encontrei cais tão forte
que pudesse sustentar esta minha alma inquieta
para que eu pudesse ancorar com calma.
Nica Barros
Enviado por Nica Barros em 03/02/2006
Código do texto: T107461
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nica Barros
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
57 textos (7287 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:32)
Nica Barros