Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DONA DO TEU NOME [dedicado às mulheres que escrevem]




Teu nome :
é doce como um favo
onde um frágil colibrí
roga um mísero centavo
desse doce para sí .

E quando sorrís:
o teu nome aflora no olhar
na tez da alma , azul cor-da-lua
e no marfim da boca tua,
onde há um soneto ímpar .

M u l h e r :
o teu nome bem sei
é evocação de um anjo
cantando salmos prá o rei
com harpa , cítara e banjo .

r e h l u M :
és cândida nuvem ,
no celeste da alma
que transmuta em brisa o tornado
e a procela , acalma !


SBC-SP.
19/11/2003
José Alberto Lopes
Enviado por José Alberto Lopes em 11/02/2006
Código do texto: T110655
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Alberto Lopes
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil
594 textos (36524 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:43)
José Alberto Lopes