Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Formal

Teu desejo ficou trancado à cadeado
e o meu, desfia a tapeçaria do tempo.

Nossa história começa por deixar-me partir,
e eu por corvadia não quis ficar.

Cansamos nossas almas nos acusando
do que deixamos não acontecer.

Passamos, lado a lado, pela rua
e deixamos condenar um desejo
que jamais esqueceu de abandonar nossos corpos.

Tremula as mãos, peito ofega,
os olhos enchem-se de lágrimas e emoção.

- Esses nossos encontros sempre acusadores!

Mais uma vez despedimo-nos formal.

Caminhamos, olhamos para trás - paramos -

Acenamos. Até um novo encontro.


(Direitos autorais reservados)


Nica Barros
Enviado por Nica Barros em 14/02/2006
Código do texto: T111586
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nica Barros
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
57 textos (7287 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:47)
Nica Barros