Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FALCÃO
(Jaime Barboza)

Pode um imponente falcão,
em seu vôo soberbo, cair
nas garras de uma tempestade?
Pode uma gaivota alerta
ser supreendida pelo ataque
do feroz gavião?

Só ouso afirmar que
uma pequenina folha que rola
ao sabor dos ventos,
terminará sua viagem
cumprindo sua função na natureza.

O importante que se saiba, é que
nada é inútil, ou injusto.
A folha precisa que o vento a transporte;
a sutileza e a perspicácia da gaivota
são suas defesas naturais contra o ataque do gavião;
e o imponente e seguro vôo do falcão,
poderá livrá-lo da tempestade.

Pergunto-me: como poderei deixá-la
se você faz parte de mim?
Sou a frágil folha andante
que envolveu-se no solo a ser fertilizado,
sou aquela gaivota que escapou do gavião.
Quando serei o falcão adulto de vôo tranquilo?


Escrito em 25 de dezembro de 1971, com o título "RAZÕES", para a minha namorada, hoje esposa, Annelie.
Jotabe
Enviado por Jotabe em 19/02/2006
Reeditado em 24/12/2008
Código do texto: T113705

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jotabe - http://www.recantodasletras.com.br/autores/jotabe - Não é permitido modificar este trabalho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jotabe
Brasília - Distrito Federal - Brasil
682 textos (142786 leituras)
5 áudios (7425 audições)
23 e-livros (40689 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:52)
Jotabe