Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Declaração para acerto de contas


Amor,
nossa poesia foge tantas vezes...
e tantas vezes nos guardamos
em baús escuros e mofados
e esquecemos o sol e o mar.

Ainda há paixão
no meio de tantos livros
e tanta política?
Aceito as críticas sinceras,
e as autocríticas severas demais.

Quero no teu beijo
gosto de mel e jambo,
quero ver o tesão em teus olhos
quando morder os teus lábios
longe das razões e dúvidas.

Longe de mim a anatomia livresca
e a política burlesca
dos congressos estudantis.
Te quero como sempre quis,
Chega de auto controle,
quero o sexo pulsante,
latejante e com paixão.


Rio de Janeiro, 24 de novembro de 1985
Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 23/02/2006
Código do texto: T115270

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mauro Gouvêa - www.recantodasletras.uol.com.br/autores/maurogouvea). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
432 textos (56474 leituras)
3 áudios (837 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:09)
Mauro Gouvêa