Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A moça e o pecador

Amanheci...
Amanheço...
E amanhecerei com vontade

E instigante alarde
E louco desejo
De teus molhados beijos.

E um querer desenfreado
De, em ti, permanecer amalgamado;
E um tolo anseio
De fartar-me em teus seios.

E mais uma poética aspiração
De me diluir no vulcão
Que aprisionas entre as coxas
Coberto com os teus ares de casta moça.

Donzela comportada, pudica, de família,
Que entre quatro paredes me humilha;
Faze-me um pecador

Em constante posição de penitência.
Atônito feito um beija-flor,
Diuturnamente a sorver tua dulcíssima essência.

Cid Rodrigues Rubelita
Enviado por Cid Rodrigues Rubelita em 24/02/2006
Código do texto: T115670
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cid Rodrigues Rubelita
Curitiba - Paraná - Brasil
146 textos (4844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:50)
Cid Rodrigues Rubelita