Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fio de Ariadne


Acordei no vazio
Paralisada em cansaço de ser
Sem acolhida
Sem sinais de afeto
Sem sabor humano

No olhar magoado
procurei a eternidade do agora
percebi o invisível
fragmentos

Gerei versos com paixão
Simples e intensos
     Compaixão
Em meus labirintos
Matei minotauros
 e  fugi com fio de Ariadne

Silvia Paiva
Enviado por Silvia Paiva em 27/02/2006
Código do texto: T116765
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Paiva
Primavera do Leste - Mato Grosso - Brasil
17 textos (650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:31)
Silvia Paiva