Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desilusão

 
 
Recolhi os fragmentos de teu coração dilacerado
E com meu amor fiz renascer em ti a esperança
Ignorando teu passado, absolvendo teus pecados
Apagando do teu ser as amargas lembranças.
 
Renunciei aos princípios de minha vida recatada
Deixando tuas mãos guiar a minha estrada
Sem me importar em ser vidraça apedrejada
E rotulada de mulher louca e desvairada.
 
Determinada fui recompondo teus pedaços
Te devolvendo com ternura a alegria de viver
Apaixonada caminhando contigo passo a passo
Simplesmente por te amar e nunca mais te ver sofrer.
 
E das cinzas vi ressurgir um novo homem
Retomando seus sonhos esquecidos
Sem medo de lutar e que a sorte o abandone
Dando adeus a pesadelos, vendo o mundo colorido.
 
E com a prosperidade surgiram as imperfeições
Orgulho, vaidade, luxúria e prepotência
E te perdestes num oceano de ilusões
Mergulhado no abismo do materialismo e descrença.
 
Ignoraste o sublime amor que te elevou
Te perdendo nos labirintos do pecado
E a luz que um dia teus caminhos iluminou
Hoje é apenas triste lembrança do passado.
 

 Site do autor:

www.luzdapoesia.com
FalcaoSR
Enviado por FalcaoSR em 17/04/2005
Reeditado em 09/04/2010
Código do texto: T11779
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FalcaoSR
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
202 textos (26765 leituras)
7 áudios (1511 audições)
8 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:35)
FalcaoSR