Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças...

 
 
Revejo novamente comovido
o lar que um dia abandonastes,
a quietude das águas mansas do riacho
o amor que a ti doei e renegaste.
 
As serenatas que em noites luar te exaltei
A singeleza de meu amor sincero e puro
são resquícios do quanto te adorei
a certeza do muito que te amei.
 
E na janela me observam pássaros tristonhos
vendo em mim as marcas da dor que me deixaste
a solidão do vazio e  abandono
a nostalgia que ao partir tu me legaste.
 
E do meu banjo calado e esquecido
ainda ouço os acordes que acompanhavam tua doce paz
mulher de lindos sonhos bem vividos
amor verdade que não voltara jamais.
 
E da energia que emana em tudo que tocaste
sigo sentindo o calor de tua ternura
te vejo pura porque amar tu me ensinaste
E as lágrimas que vertem de meus olhos
são apenas frutos  de amor e de...Saudade.


Site do autor:

www.luzdapoesia.com

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FalcaoSR
Enviado por FalcaoSR em 17/04/2005
Reeditado em 09/04/2010
Código do texto: T11782
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FalcaoSR
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
202 textos (26765 leituras)
7 áudios (1511 audições)
8 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:01)
FalcaoSR