Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É ASSIM

Durante a noite fazer o sol surgir;

No Inverno, papoilas ver florir,

E no Verão, Natal festejar.

Vagas que se elevam no meio do mar,

Que um ciclone faz rodopiar:

É assim que eu vou te amar …

 

No meio de um eclipse, a lua aparecer;

Ver em Fevereiro os frutos amadurecer

E em Agosto, nas praias nevar.

Ao meio-dia as estrelas a brilhar

Vão o azul do céu em rosa transformar:

É assim que eu vou te amar …

 

Fechar os olhos e sem dormir

Em sonhos poder construir

Pontes de fumo feitas no ar

E as nuvens atravessar.

Não ter asas, mas poder voar:

É assim que eu vou te amar …

 

Num livro sem páginas vou escrever

Palavras que só tu saberás ler.

Amar-te como mais ninguém quis ousar,

Mais longe do que os teus sonhos possam imaginar,

E te repetir sempre, sem cansar:

É assim que eu vou te amar …
Cri
Enviado por Cri em 17/11/2004
Reeditado em 19/06/2005
Código do texto: T12
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cri
França, 58 anos
30 textos (7240 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 22:37)
Cri