Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher

Menina
Que já não acreditava em contos de fada
Menina sofrida
Na luta por uma alma
Assim eu vivia
Em busca de que alguém me notasse
Assim eu crescia
Na esperança de que alguém me amasse
E uma luz no meu caminho apareceu
Naquela noite de lua em que te conheci
Por certo, no momento
Nem entendi
O presente lindo que os céus enviaram pra mim
Teu beijo
Teu corpo
Tua voz
Teu cheiro
Teu jeito
Tudo tão perfeito não podia ser pra mim
Um ser tão imperfeito
Mas, o que podia fazer?
Em pouco tempo lá estava eu em seus braços
Me sentindo mulher
Uma
Duas
Três vezes
Aquela sensação
De estar em teus braços
Era grande demais
Eu me sentia viva
Muito mais que amada
Muito mais que sentida
E tudo aquilo que você me dizia
Tudo aquilo em que demorei a acreditar
Tudo aquilo se tornava cada vez mais real
Que fazia eu me sentir cada vez mais mulher
E aos poucos
Eu descobri que estava apaixonada por você
Por teu jeito bobo de ligar pra ouvir a minha voz
Por teu jeito meigo de sempre dizer que tuo ia dar certo
Pelo teu olhar de carinho
Pelo teu abraço de compreenção quando nem eu mesma me compreendia
Você fez com que eu me visse
Todos os detalhes
As características
Você me fez mulher
Muito mais do que mulher
Você me fez me sentir gente
Clara Belmiro
Enviado por Clara Belmiro em 08/03/2006
Código do texto: T120326
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Clara Belmiro
Paulo Jacinto - Alagoas - Brasil, 29 anos
30 textos (2943 leituras)
1 e-livros (158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:40)
Clara Belmiro