Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sim...

Cobrastes antecipado
Juros do que jurei
Atormentastes em retardo
Lábios que enterrei

Arrependestes da fuga
Rasgando o mapa
Lembrastes que julgas
Confiável quem derrapa

Insultastes o silêncio
Esbanjado no olhar
Dobrastes o fino lenço
Que te impedias de molhar

Acenou em despedida
Almas que lavei
Percebestes na partida
Que sozinho chorei.

Ainda assim construo
Nosso caminho em solidão
A nós garantistes seco futuro
...mas desconheço a palavra “não”
Romassenav
Enviado por Romassenav em 15/03/2006
Código do texto: T123569
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romassenav
São Paulo - São Paulo - Brasil
26 textos (1747 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:19)
Romassenav