Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tanto

Tanto tinha a dizer-te
Mas tive que escolher
E na dor da escolha
Como a noite cobre da lua o brilho do sol
Tive a primazia em deixar que se cobrisse o meu falar
Na escuridão do silêncio.
Tanto tinha a dizer-te
Mas tive que escolher
E como gota caida ao rio
Ponderava-me entre ser achado ou
Ser levado pelas águas
Entre a desilusão de perder ou
O sonho de amar
Na esperança de que meu amor
Por ti morresse a sonhar me calei
Para que assim não tivesse
A desilusão de perde-la
Tanto tinha a dizer-te
Mas dou-te apenas o meu silencio
Como presente de valor inestimado
Não que eu desejasse não ama-la
É que no meu anseio de dizer-te tanto me calo
Mas tudo que assim guardo,tornas a mim
Em palavras,em lágrimas,em silencio
Tanto tinha a dizer-te
Tanto tinha a amar-te...

Junior Antonio
Enviado por Junior Antonio em 20/03/2006
Código do texto: T125930
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Junior Antonio
Paracatu - Minas Gerais - Brasil
181 textos (8139 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:49)
Junior Antonio